Minha VIDA, se resume em melhores amigos! Momentos que são meus, e que não ABRO MÂO!!!

 

 

atyaaacanx-qataudccuxkmnvq8ns9j1ouur_q874eh6pek44_uquarfcmhicxg2fz-md4gtgrhqpo_t0u1ay94gqhuzajtu9vbpcsfcuti2biaxqkhoxnjkde5adq Minha Equipe da Chilli Beans, oque falar dessas pessoas vou sentir falta de cada um de vocês, CAMILA minha gerente brava mais dosce como um mel, Thainá nossa caixa, como eu aprendir com você durante esse tempo (lagrimas, muito choro nesse momento) Billzinho mais conhecido como Beautiful, apelido dado por mim! Bill casa momento de agunia em chegada de coleção, cada pagação de sapo e suas estranhezas, Guilherme mais conhecido como Gui, quando entrei na loja, morria de medo de você! Mais com o passar do tempo a gente encherga quem são as pessoas, AMO VOCÊ meu irmao. Nathalia minha Galeguinha SEXY nossa em Nathi quantas coisas passamos, marmitinhas do MAURO… rsrsrs momentos delicados… café na Kopenhague…. acho q é assim q se escreve… Natalee menina UOW em… Natalee nos ODIAVAMOS, já brigamos, já quase nos matamos dentro daquela loja mais só você sabe o quanto admiro você, primeira garota guerreira que conhecir você e um pouco da coragem que aprendir a ter! Andréia AMISS minha ruivinha… amiga naum sei nem oque fala e nem oque escrever aqui, (choro desesperado no momento aki! ) Amiga momentos bons os que eu vivir ao seu lado, todos os nosso fumandos na porta do conjunto, baladinhas tudo… sem palavras AMO VOCÊ.

atuaaacrandtkq916kzva84ze-zvhtz7dpzadhlxeike40dsioskxingcz4g5ibrfupfmmvh-oiea0_lbnycavwo-d03ajtu9vahvcvlejuwpzlmtbz335gl6flbvw1Saritchassssss… Irmâ que apreendir a ter. Nós vivemos pouco neh e eu aqui indo embora de BRASILIA e você voltou pra Chilli pra ralar com a gente nessa empresa Maravilhosa, amiss vou sentir muito a sua falta baby… AMO vc e vou sentir falta da gente DANDO CROZE na frente dos espelhos da loja!

atgaaab_oy-tgew-fnxx8adjhufni3aku7kgtfd63nnhcfcno49qswt83_26egsoyymbbs89zfeeebxeyg8n9w2wn0zhajtu9varr6hdbg0cllfptfeps7nref7sla1Eita Russinhoooo amigo que falta você vai fazer nessa minha vida, somente sabemos oque rolou no passado e nas nossas conversar de msn, neh!!! AMO VOCÊ AMISS!!! 

atgaaadvmztdepog7xhmejlkiptrgg8i7t6zwcgxiqoohsmsi4k1g1-9b8mif7ygcvzzy3li8yitmh_al-ji-a8rpbr-ajtu9vb-swvqszsqfficlyce43sme4h6na1Eita Parada GAY GOIANIA, foi lá que conhecir o GUSTAVO mais conhecido como GUGA pra sempre vou guarda na memoria quem foi você na minha vida, e o presente que você me deu no dia no meu Niver…  Rafa Reifous o rei, o supremo o dark, amigo você foi tudo na minha vida, momentos que foram so meus e seu dentro do seu carro e que não abro mão esse dia foi um dos melhores da minha vida! Andy garotinho que aprendir a amar adorei conhecer você felicidade. LIVIAAAAAAAAA neguinha eita sara nossa terra em… onde nos conhecemos e depois de tempos vamos juntos nos jogar na parada neh amiga vou sentir muito a sua falta, vou sentir falta das nossas voltas de metro pra casa, dos nossos encotros inesperados, e nunca vou esquecer de quando chorou na minha frente e do seu namorado lá no KALZONE no Taguatinga Shopping quando eu lhe dei a noticia de que iria embora, AMO VOCÊ do fundo do meu CORAÇÃO SEM PALAVRAS!!!

atgaaadh66y8qjr4kuz6vl3jkhgcj81sd7fnm5yqvpv4zpqol3rqebqyqy5ghafijsmooqetrti7pakcq0j1fk0c0ljoajtu9vdgiivrcwd8cr0ghhwj8w9xonorwa1Eita garotos que matam as GAYS de inveja nessa BRASILIA pequena, meninos Pedro e GUSTAVO amigos oque vivemos durantes tempos em… baladinhas no galeria, dias chatos de msn, gongaçao total nas feiosas em… Gustavo estou aqui uma hora dessas escrevendo isso e morrendo de chorar, lembrando dos nosso momentos e de quando você sempre me deus forças quando eu nem ao menos tinha forças pra nada, de quando você me entendia nos momentos que nem eu sabia oque eu estava passando.Neguinho vou sentir sua falta, vai me visitar em!

atgaaacmkcmy1uqqzomipgyxta8kuaeji13ynwefllyf2on8m-ayzmkuzrzvomk4nbb_sb7cxrx3brpfqaj7ms1yxqwnajtu9vbgd_bp0ujjvmhlew5crk4aww9j3w1 Eita CASALSINHO que me dá trabalho em… Bruno e Jennyfer amigos, um casal que eu ajudei unir… Atravez de momentos que Deus permitiu a gente viver… Bruno meu clientao na minha epoca COLCCI num belo dia a gente marca de sair e eu chamo você amiga, e olha só em que lugar nos fomos curtir??? GALERIA o inferninho de BSB mais e isso ai foi lá que vocês se conheceram e tão ate hoje ai fimes e forte… quase um ANO VELHOOOO to super alegreeeee!!!

atgaaabyvqlglajbkaizktlzbsc71ac5yt2pg8dt8am2pq5bmx96sarfybe6aq-k6fkztlaj-wwzlytrtorn58vsh1vlajtu9vau3dtzddgwe61rgd3oyxab6kxh0a1 Eita butecooooo. Dia de Haloween aqui em Brasilia, depois do BEIRUTE fomos ao Vercelli busca o Thiago… somente a gente sabe oque a gente viveu trocando de roupa na rua e os carros parando chocados vendo a gente se vestir de coisas que somente nos Haloween e permitido. Amo vcs!!!

atyaaad3yr31ksaneitqd8rqt6qw2nqwdhke_xdg5bapglscjvgxk-lfcslsatknjxxanxyk9_dxug3cbrs-dpzu-fq4ajtu9vdffmzmirivitmd0sv2mwmyhixqvw1Amigaaaaaaa oque falar de você em??? Eita momentos que vivemos juntos… Desde o inicio tempos lá da saraaaaa neh… Amiga quando passamos há ir no Patio juntos, de juntos descobrir coisas que somente nos sabemos… a cada sexta que caiamos mais no mundo dos adolecentes do hoje… da nossa primeira fumada de um back no meu aniversario de 18 anos lá na casa da Bú em… Vixi tantos momentos que vivemos que eu poderia passar a noite aqui digitando que naum daria pra escrever um livro.

AMO VOCÊ DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO e só que você sabe que meu silicone estorou de AMOR!!!

dsc04330Vive la fete festinha boa com meus amigos,  Reifous, Andreia, Paulo e Markinhos e mais dois que eu nem sei oque eles estao fazendo na foto! FOi tudo essa festa!

8f51903f1e58debde6de4de9681893adEita arraiá bão só!!! Esse dia foi otimo… eu ao lado de amigos desde a minha epoca do ballet BRASIL, Reifous, Phill, Balduzzi e Mannu… Sentirei a falta de cada um de vocês…. Reifous naum precisa falar mais nada neh… Balduzzi eita amigo baladinhas regadas a vodkar!!! Mannubis os tempos em que moramos juntos em!!! Sentirei a falta de cada um de Vocês… 

atgaaabud42gxt2_zthdqtfitjt0fddojhcs279vclvovut3oesyh0hxzrsk Eita Rick e Ranny diazin bons esse ai em… Saudades de você amigo… Vou me lembrar eternamente das nossas traquinagens de criança… la na 306 e das nossas loucuras de Tsadê!!! Amo vc (choro)!

atgaaadjuub8c0k8p-4ronpixw-nywqa51l0rf5_h4it2zcaqbbag-vjk8ur Eita top tops… Sara nossa TERRA GUARÀ  Amigos que aprendir a amar… Jeeeh amiga e filhinha do pastor e Victor… o mauricinho playboy desejado pelas piriguinhas de plantão vou sentir falta de casa instante nossos… Bombaaaaaa

atgaaacogv7-aodlb7u0jjceefw1laxraid7euc5pimgbcbx2a5xbqrkc2dv EITA SENHOR OLIVERRR OLIVEIRA!!! Amigo desde em que nos ficamos amigos e naum nos largamos mais em… momentos de desabafos e momentos em que só você soube de momentos meus… a INTIMIDADE sempre vai ser nosso segredo!!! TE AMO

dsc04388-copy Andreia Ruivinha… sem palavras…(choro)

 

atgaaab0vbvu54fd2jrm-sttmvf1fe1p94le-qzv9o77zwhocsd0smxnmuzjhwdbuqvfx2yq14sppeembxytwfbj2kerajtu9vbspi-28ktq8_duvynkpzsn0i4zrq2Eita TIAGOOOO por que foi entra na minha vida em??? Eu Ñ podia deixar de ir embora e fazer essa homenagem há VOCÊ… Obrigado por todos os momentos em que me encotrou e me alegrou com esse seu animo que só você sabe ter… dos momentos de alegria nas baladas… de nos encotra no bagulhos… eu poderia passar a noite aqui digitando coisas e elogios pra descrever essa pessoa maravilhosa que e você!!!

eu-e-philll 

E por Ultimo você!!! Vou sentir falta de tudo que envolve você!!!

Voce sabe doq eu to falando!!! TE AMO SEM PALAVRAS.

Eu quero ficar perto
De tudo o que acho certo
Até o dia em que eu mudar de opinião
A minha experiência
Meu pacto com a ciência
Meu conhecimento é minha distração

Coisas que eu sei
Eu adivinho sem ninguém ter me contado
Coisas que eu sei
O meu rádio relógio mostra o tempo errado
Aperte o play
Eu gosto do meu quarto
Do meu desarrumado
Ninguém sabe mexer na minha confusão
É o meu ponto de vista
Não aceito turistas
Meu mundo ta fechado pra visitação

Coisas que eu sei
O medo mora perto das idéias loucas
Coisas que eu sei
Se eu for eu vou assim não vou trocar de roupa
É minha Lei

Eu corto os meus dobrados
Acerto os meus pecados
Ninguém pergunta mais depois que eu já paguei
Eu vejo o filme em pausas
Eu imagino casas
Depois eu já nem lembro do que eu desenhei

Coisas que eu sei
Não guardo mais agendas no meu celular
Coisas que eu sei
Eu compro aparelhos que eu não sei usar
Eu já comprei
Ás vezes dá preguiça
Na areia movediça
Quanto mais eu mexo mais afundo em mim
Eu moro num cenário
Do lado imaginário
Eu entro e saio sempre quando eu tô afim

Coisas que eu sei
As noites ficam claras no raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes eu somente não sabia... 

Agora eu sei...
Anúncios

Mudanças…

Chilli Beans!!!

Depois de varias vezes tentando volta a postar aqui eu tomei
vergonha nesses meus dedos safados e voltei
com o Fashion LIFE.

2009 tá ai, minha vida mudando e eu começando uma nova vida,
tudo agora vai depender do meu futuro e de como direcionarei as
coisas… RIO DE JANEIRO AI VOU EU…

Vuei.

Tenis ultra-coloridos!!!

A moda dos tênis ultracoloridos

Ah que bom seria se os tênis gringos aparecessem por aqui de vez em quando. Não aparecem (buá!), então o jeito é babar pela internet.

Phill Castelly

Esses tênis gringos coloridinhos são uma sensação! Enquanto eles não aparecem por aqui, nós ficamos babando no estilo daqueles que encontramos pela internet.

Amei esse Adidas! Como diz o site da revista Nylon – um dos mais antenados entre os sneakers freakers (loucos por tênis) -, a Adidas sabe duas ou três coisinhas sobre listas. Essa aqui tem uma combinação de cores pastéis linda de morrer.

Uma obra-prima! Até a palmilha desse é toda desenhada. O tênis é do produtor e DJ Pedro “Busy P” Winter. Dá pra comprar pela internet na loja francesa Colette. Mas além do preço você ainda tem que pagar o frete e o imposto! Fica caríssimo.


Fofíssimo! Este desenho é da artista novayorkina Keren Richter. É o Vans mais feminino lançado recentemente. Ele leva as cores berrantes, quase fluorescentes, que estão em todas as coleções. E o desenho muito gracinha da Keren. Eu quero!!


Será que estampa floral pega? Ainda não sei o que acho deste modelo, mas selecionei por ser diferente. É uma série exclusiva da Nike para a loja multimarcas americana Opening Ceremony. Gostou ou odiou? Comenta!


Rabiscos incríveis! Talvez você só consiga vestir esse par quando estiver bem humorada. As criaturas são Maude e Nikolai. O criador, Jesse Jr. Eles estão em vários modelos de camisetas e acessórios.

Tênis de roqueira! Com a ajuda da viúva Courtney Love, a Converse desenvolveu o modelo Kurt Cobain, o líder suicida do Nirvana. Branco, cano alto, totalmente rabiscado. O rock influencia a moda, que influencia o rock que influencia… Bem, você já sabe.

De lacinho: a Reebok é uma das marcas que mais se jogou na variedade de modelos de sneakers coloridos. A coleção deles é incrível. Olha que graça esse, inspirado na cidade de Paris – reparou no toque romântico do lacinho rosa?

Quer mais? Dá uma olhada na seleção de sneakers da estação feita pela revista Seventeen. (É um pdf com a página da revista). Ou fique chorando nessa loja virtual do Japão chamada HangTime.

E aí? A moda dos tênis ultracoloridos faz o seu tipo?

Eu tenho o meu e você???

Diga-me onde mora e eu te direi quem és!!! Realmente uma verdade que senhor niguem em BSB pode fugir!

Diga-me onde mora e eu te direi quem és

Asa Sul – projetada para ser habitada apenas por funcionários públicos, os quais, em sua maioria, ao se aposentarem ou serem demitidos por peculato, se recusaram a sair de lá, apelando para todo artifício jurídico para não serem despejados e irem morar no Entorno.

Graças ao ex-presidente Collor (quem mais poderia?), acabaram ganhando direito a ficar com os apês por uma bagatela. Conhecida pela quantidade de caloteiros de condomínios e mensalidades escolares, afinal toda grana é gasta apenas para tirar onda de rico, embora a maioria nem tenha onde cair morto. Destinada a ser no futuro a maior colônia da terceira idade do Brasil, com grande potencial para empreendimentos na área geriátrica.
 
Asa Norte – antiga região de caça dos habitantes da Asa Sul, de quem, embora seus moradores neguem de pés juntos, não passa de um bairro. Possui uma população com características muito semelhantes da Asa Sul, ou seja, não apresentam personalidade própria e portanto, são mesmo o quintal da Asa Sul e está encerrada a discussão. Junto com a Asa Sul, é responsável pela maior trabalheira para os funcionários da CEB e CAESB, num incessante trabalho e cortar e religar água e energia elétrica, sempre em atraso. Maior reduto de putas da cidade, geralmente localizadas na altura da 315 em lugares conhecidos como ‘clínicas’ ou puteiro mesmo. Lar da juventude rebelde de Brasília, aonde você encontra de tudo desde travecos sedentos por sexo até patricinhas maconheiras.

Lago Sul – o mais internacional dos bairros do Plano Piloto, ali se fala de swahili a servo-croata, uma verdadeira Torre de Babel, devido a inúmeras embaixadas e residências de asilados políticos. Esses refugiados se escondem em Brasília pela fama internacional de impunidade. O Lago Sul teria o mais elevado índice educacional e de renda do país, mas isso é mentira, pois cada casa tem pelo menos uma dúzia de serviçais paraíbas e analfabetos, o que joga essa estatística no chão. Nessa ilha da fantasia, numa proporção de 3 para 10, tem também um bando de deslumbrados metidos a socialites que não tem nem onde cair morto, mas não abandonam o Lago Sul nem amarrados, apenas para não perder o ‘status’.

Lago Norte – península norte sobre o Lago Paranoá, no lado oposto do Lago Sul (é lógico, seu candango burro). Habitado por uma população alienígena, que se nega a estabelecer contato com a civilização brasiliense, somente atravessando o Plano Piloto em viaturas com película escura e ar-condicionado (para não sentir o cheiro), evitando ‘se misturar’. Querem preservar seu bairro de qualquer coisa que tire a privacidade de seus moradores, preferindo rodar dezenas de quilômetros dando a volta pela Ponte do Bragueto do que aceitar uma ponte direta do Plano Piloto, pois a mesma seria usada também pelos seus vizinhos do Varjão, Paranoá, Sobradinho e Planaltina.
 

 
Varjão – favelão conhecido pelos seus vizinhos do Lago Norte como Varejão, em homenagem àquelas mosconas nojentas. Com 95% da população sendo nordestina e o resto goiana do entorno. É um castigo dos céus para aquela gente de nariz empinado e metida a besta. Como faz parte – e não adianta negarem de pés juntos – do Lago Norte, este tem seu IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) jogado para as profundezas do Lago Paranoá. Bem feito!!!

Cruzeiro – também conhecido como ‘Cuzeiro’, é o mais antigo bairro da região conhecida como ‘rabo’ (ou ‘ânus’) do pássaro ou avião que é o Plano Piloto. No início era um campo de concentração para onde eram trazidos, amarrados e enjaulados, os funcionários públicos deslocados do Rio de Janeiro com a transferência da capital para Brasília. Como tempo foram se acostumando com as propinas e ganhando liberdade vigiada. Atualmente são conhecidos apenas pela Escola de Samba cuja sede serve de Baile Funk e por um amontoada de prédios tipo ‘Pombal’, que é o Cuzeiro Novo.

Sudoeste – originalmente apelidado de Barroeste, pela poeira desgraçada durante a sêca e os atoleiros quando chovia. Também conhecido como Sudoreste, pelo suadouro que o calor insuportável causa a quem transita naquele cerradão. Na atualidade está mais civilizada, já contando inclusive com serviços regulares de água encanada e energia elétrica, benefícios utilizados pelo menos quando a conta é paga em dia, o que é raro por ali. Atualmente residência das putas de luxo de Brasília, que diga-se de passagem são muito gostosas.
 

Octogonal – junto com o Sudoeste, desempenhou anos atrás o papel hoje representado por Águas Claras, ou seja, acabou virando dormitório de todo candango frustrado em conseguir um quarto-e-sala ou quitinete no Plano Piloto ou Lago Sul. É a mais confusa forma urbana já concebida, sendo necessário mapas, Google Earth, GPS, cão farejador e guia especializado para entrar e sair daquelas quebradas.
 
Vila Planalto – amontoado de ‘oreias-sêca’, ‘pés-rachados’, retirantes, ‘passa-fome’ e cachaceiros que montaram acampamento de madeirite e lona para as obras de Brasília e nunca mais nenhum governo conseguiu enxotar dali. As tentativas de remoção, além de inúteis, foram injustas, pois o curso da história acabou provando que o povo deveria lá continuar, afinal possuem hoje como vizinho o próprio Presidente Mulla, autêntico representante dessa ‘catiguría’. Ou ‘laia’, melhor seria dizer.

Vila TeleBrasília – ou Vila ‘Telebrazilha’ segundo seus ocupantes, é outra concentração de barracos surgida nas mesmas condições da Vila Planalto, só que esta não tem desculpa de ter hoje o Presidente Mulla como vizinho e portanto ninguém sabe como conseguiu ficar lá até hoje.  O Governo está realizando diversas obras de melhorias, capazes de elevar aquele amontoado de cortiços à condição de uma moderna e completa FAVELA de verdade.

Aqui temos uma categoria especial, que é daqueles que FINGEM que moram ‘in Brazilha’ ou mais ridículo que isso, juram fazer parte do ‘Lagu Sur’:

Jardim Botânico – também conhecido como Jardim BoStânico, Jardim Boiolânico, Jardim Goiânico ou Jardim Boiânico, devido ao fato de estar em plena zona rural, cercada bois e vacas (e suas bostas). Seus moradores tiram onda dizendo que fazem parte do Lago Sul, o que é uma piada, afinal no projeto do Lago Sul não existem as QI ou QL tipo número 724, 345 ou 446. Além do mais não há nada por ali de interesse Botânico, não passando de um cerrado desgraçado, cheio de mato e catinga, oops, caatinga. Consta que em breve será desmembrado numa nova Região Administrativa, com nome próprio, o que vai acabar com essa palhaçada de dizerem que moram ‘nu Lagu Sur’. O mais correto seria sua incorporação pela vizinha São Sebasti-Hanta, a quem o território pertence na realidade.

CIDADES-SATELITES

Sobradinho – construída com as SOBRAS das obras de Brasília. Sobrou tijolo, telha, cimento, entulho? Vai tudo pro Sobradinho, diziam os candangos. Mesmo assim, não fossem incontáveis carregamentos desviados ou surrupiados, a cidade não existiria. Também conhecida como Assombradinho.

São Sebastião – Também chamada de São Sebasti-lonjão, situa-se nos cafundós do judas. Mais conhecida por São Sebasti-Hanta, devido aos recordes de infestação da doença chamada Hantavirose, transmitida pela urina de ratos. Ou seja, o povo de lá bebe mijo de camundongo, eca!

Também célebre pelos recordes de Dengue. Ou seja, é uma cidade que deveria ser interditada e deixada de quarentena por atentar contra a saúde pública. Dizem que integra o Presídio da Papupa, em torno do qual os parentes acamparam à espera dos outros parentes saírem. Outros garantem que é São Sebasti-Hanta que faz parte da Papupa.
 
Santa Maria – Seu nome tem origem pelo costume de rezar de quem foi se esconder lá ou esteve de passagem. É o típico lugar que você paga para entrar e reza, literalmente, pra sair. Santa Maria-DF, mãe de Deus, rogai por nós pecadores agora e na Hora de Nossa Morte – Amém.
Uma vez indo, nunca mais você volta (vivo).
 
Gama – conhecida pela grande preocupação de seus moradores e visitantes com a segurança pública, possuindo em sua entrada um portal vigiado, onde os traficantes fortemente armados perguntam ao  visitante: ‘está armado, tem uma arma?’. Se responder que ‘não’, os mesmos recomendam: ‘então tome uma arma e pode entrar’.
 
Novo Gama – Depois de ser decretada a PT (Perda Total) do Gama, resolveram construir outra, desta feita assumidamente já em território goiano. Acabou não dando certo, ficando pior que a original, já que os vagabundos manjados no Gama antigo, botaram cria no mundo, deram calote geral e foram se esconder tudo por lá.
 
 Paranoá – o povo de lá é tão vagabundo que já parou no ‘A’, nem tentou o ‘B’ quanto menos o ‘C’, parou no ‘A’ e desistiu de cara…  Conhecida também pelo nome internacional de ‘Stop-in-A’, uma tremenda viadagem dos habitantes locais. Seus moradores tem trauma por estarem tão pertinho do Lago mas não terem acesso ao mesmo. Por isso criaram uma favela anexa com nome de praia famosa, Itapuã. Só que esta fica no meio do cerrado também…
 
Itapuã – outro favelão surgido da noite pro dia, nos fundos da favela-mãe que é o Paranoá. Mesmo ajuntada recentemente, atingiu grande desenvolvimento social e cultural, alcançando na atualidade o mesmo estágio de evolução do velho-oeste americano e da era do cangaço, cheio de nordestino e goiano, apesar de poucos anos de existência. Como bandido tem vida curta em cada buraco por onde passa, sendo preso, morto, fugindo, se escondendo, largando filhos por aí pro Governo criar, continua atraindo crescente população a cada dia.
Segundo dados oficiais, 97% da população não concluiu nem a 4º série do ensino fundamental.

Ceilândia – teve origem num amontoado de invasões removidas do Plano Piloto. Quando começou era citada como ‘Sei-lá-Onde’, que com o passar dos anos virou ‘Cei-lá-Ondia’ e por fim ‘Ceilândia’, nome atual. É a maior cidade nordestina do Centro-Oeste, com o som das ruas dando impressão aos visitantes de estarem em pleno sertão.
 

 Finlândia – Sub-favela da Ceilândia, situado nos cafundós da Ceilândia, ou seja, no Fim da Ceilândia enfim, longe pra cacete, já na divisa com Águas Lindas de Goiás.

Tagualândia – Território em litígio disputado por Taguatinga e Ceilândia, por isso o nome de Tagua-lândia, que inclui o Setor M-Morte e busca açambarcar o Setor Bolinha (oficialmente Setor ‘O’ – ‘ó’ de letra ‘ó’, seu candango burro – mas seus moradores analfabetos só identificam o busão que viaja pra lá pela ‘bolinha’ da letra, por isso o nome).

Cidade Ocidental – Nome utilizado pra tenta disfarçar sua localização, na verdade deveria se chamar Cidade Velho-Oeste, com tanto pistoleiro e bandido que infesta aquelas bandas. Também conhecida como Cidade Acidental, pois surgiu por acaso. Quase ninguém sabe onde fica, dizem que tomando a estrada pra Unaí – MG, depois de passar pelo Presídio da Papuda fica mais perto, onde aliás se hospedam parte de seus habitantes quando conseguem adentrar no Plano Piloto.
 

Cidade localizada no Goiás
Findental – Cafundós da Cidade Ocidental, ou seja, no Fim da Ocidental. Dizem que foi lá que Judas lavou pé, depois de perder as botas no fim do DF e perder as meias ao embrenhar ‘nu Goiás’.
 
Santo Antonio do Descoberto – De Descoberto só tem o nome, pois até hoje ainda situa-se em local distante e mal sabido. Há projetos de expedições de bandeirantes para cartografar a região e determinar sua localização exata, se é que existe mesmo. Santo Antônio que os ajude, pois essa currutela perdida no cerradão goiano nunca sequer foi encontrada no Google Earth, programa que trava e pifa o computador quando apontado para aquelas bandas.
 
Brazlândia – Antiga cidade goiana cujo nome homenageia o Brasil, tentando despertar simpatia brasileira, mesmo havendo informações que se encontra lá pelas bandas da fronteira do Brasil com a Bolívia.
Outros garantem que a mesma está situada depois do Paraguai. De qualquer forma, nada disso interessa, como a própria localidade. O maior ponto de referência de seus habitantes é um brejão que, dizem, tem no meio do arraial.

 Planaltina – Dizem que na verdade são duas, uma no DF e outra em Goiás, com o nome de Planaltina de Goiás. Já existia antes da fundação de Brasília, sempre pertencendo ao Estado de Goiás. Como continua tão ligada a Goiás, devia ser devolvida aos goianos, com pedido de desculpas, arrependimento e garantia de não aceitar de volta.

Taguatinga – Uma das mais conhecidas das Cidades-Assaltélites, habitada por candangos que dizem pros parentes paraíbas que ‘vévem ni Brazílha’, mas na verdade não tem condições de morar na Brasília de verdade. Há um projeto de lei que pretende transformá-la em Capital de um Estado chamado Planalto Central, incluindo as demais Assaltélites e o Restorno. Outro projeto quer que Brasília (Plano Piloto, Lago Sul e  Norte) sejam determinadas como o novo e VERDADEIRO DISTRITO FEDERAL, mandando construir ao redor muralhas tipo Faixa de Gaza, com cercas elétricas tipo ‘frita-pobre’, fossos de jacaré, casamatas, restando para entrar no novo DF apenas aviões de primeira classe. O Restorno seria devolvido pra Goiás, também com pedido de desculpas, arrependimento e garantia de não aceitar de volta.

 Núcleo Bandeirante – Antigo acampamento de desbravadores e bandeirantes que vieram reconhecer o território do DF e não acharam mais o caminho de volta. Recebeu depois uma quantidade absurda de ‘orelhas-sêcas’ nordestinos, que abandonaram suas ‘muiés e fios’ na merda e passando fome no agreste e se mandaram pra lá. Isso acabou atraindo uma quantidade também absurda de prostitutas, transformando a cidade na maior concentração de bordéis da história do DF. Isso deu origem aos primeiros candanguinhos (nascidos no DF), ou seja, iniciando assim essa ‘(desg)Raça Candanga’. Chamada também por Núcleo BUndeirante, no início era conhecida como ‘Cidade-Livre’, de tanta libertinagem e a completa ausência da Lei naquelas bandas, coisa que nunca mudou. Cheia de japoneses parece um bairro de Tóquio.

 Candangolândia – Com esse nome, depois de conhecer as origens e as características dos candangos, acima bastante esclarecidas, só resta dizer desta sub-Assaltélite: BEM FEITO, DEUS CASTIGA, afinal ninguém merece ter tanto candango amontoado, a ponto de ser chamado de Candangolândia. Cruz-credo!!! Embora seus moradores digam que aquilo é uma ‘cidade’, não passa de uma expansão no Núcleo Bundeirante, com suas qualidades nulas e defeitos todos. O povo dessa sub-Assaltélite tem muita lêndia (Eca! Só tem piolhento!), por isso a ‘cidade’ ficou conhecida também como Candangolêndia.

Valparaíso – Se aquilo é o Val-‘Paraíso’, imaginem como será o Val-‘Inferno’, deus me livre!!! Conhecida por possuir a mais numerosa e agitada juventude do Restorno hospedada no SPA, ou seja, no SPA-Puda, quando não ainda enjaulada no CAGE, ou enterrada sob sete palmos de terra por envolvimento com bandidagem. No DF, quando alguém quer mandar alguém para ‘aquele’ lugar, para evitar palavrão costuma dizer ‘ora, vai pra…, val-paraíso, cara’.

 Riacho Fundo – Localidade cujo nome teve origem num curso dágua que corria naquelas bandas antigamente, até a região ser assolada pela praga de retirantes mortos de fome, despejados de invasões. O tal riacho virou um valão de esgoto a céu aberto, que de tanta bosta acabou aterrado e hoje ninguém mais sabe onde ficava. Dizem que os barracos tomaram conta até das áreas antes ocupadas pelo leito daquele finado córrego.

Recanto das Emas – Nome que fazia juz à região antes de o Roriz distribuir os lotes a troco de voto. Assim que as hordas de candangos e paraíbas lá chegaram, dizimaram completamente com as pobres Emas, que foram todas comidas. Isso aconteceu também com toda forma de vida, rastejante ou ‘avoante’. Com a flora também devastada, deveria ter seu nome, Recanto, mudado para a realidade atual: Requinto. Dos Infernos. Ou Requinto das Ex-Emas. Geralmente dito que lá é lar dos EMOS e também das EMAS.

 Águas Lindas de Goiás – Sua história tem muito a ver com a do Requinto das Ex-Emas, pois antes a região era conhecida por possuir lagoas, córregos e rios muito limpos, justificando o nome de Águas Lindas. Conforme atestam fotografias trazidas por assistentes sociais lulistas, distribuidores de cartão do Fome-Zero, Bolsa-Família, Bolsa-Gás, Renda Minha, Cesta Básica e Pão-e-Leite, ninguém acredita que aquelas bandas já foi de águas límpidas como dizem. Segundos dados, a principal atividade econômica da cidade é o complexo sistema de puteiros existentes. 79% da atividade ecônomia municipal gira entorno de bares, casas de sexo, cassinos ilegais e etc. Os restantes 10% são venda de drogas e 1% é de venda de frutas na rodovia.

 Samambaia – Colonizada por uma gente conhecida como ‘fios di umas égua’, ou seja, gente que tinha a Mãe na Bahia (local onde se cria éguas). Daí o povo sacaneava e chamava os primeiros moradores de ‘Sua-mãe-na-bahia’, que com o passar do tempo virou ‘Sá-mãe-na-bahia’, derivando, pela intensidade do uso da expressão, na atual denominação de ‘Samambaia’.

Cidade Estrutural – Nome dado por algum comediante para o mais desestruturado dos ajuntamentos de catadores de lixo do DF. Estrutural é o nome de uma pista que passa perto – correndo, com nariz tampado e morrendo de medo – rumo a Taguatinga. Conhecida internacionalmente pela preocupação ecológica de seus moradores, que preservam alí um verdadeiro santuário ecológico de urubús e camundongos. O Governo Arruda anunciou recentemente um pacote de obras que irá mudar radicalmente a apresentação do local, que assim poderá finalmente elevar sua condição à de uma verdadeira FAVELA.
 

Vicente Pires – A maior concentração de moradores em terras ilegais do DF, mas tirando onda de ‘viverem em condominhos’. Pode ser avistada pelas pistas da Estrutural ou pela EPTG nos dias de chuva, quando a nuvem de poeira abaixa. Mas aí não pode ser acessada devido aos atoleiros. Dispõe de excelentes trilhas para prática de moto-cross, rallys, car-crashs e testes de amortecedores, com imensas crateras e buracos generalizados. Melhor ser analisada pelo Google Earth, ou seja, do céu. Seus moradores podem ser denunciados pelo carro sem cor definida, a barra da calça vermelha de terra ou os sapatos cobertos de pó

Guará – É a mais próxima de Brasília, criada através de mutirões mas em eternas e inacabadas obras, afinal candango é tudo vagabundo.  Consta que seu nome se deve aos Lobos-Guará, que antes habitavam a região em grandes matilhas. Outros atribuem o nome ao pássaro de nome Guará, que revoavam alegremente aos bandos por ali. Entretanto, nenhum desses bichos e todos os demais que haviam por lá não sobraram pra contar história, pois viraram farofa e churrasco. Conhecida também por ser o maior foco de emos e roqueirinhos pés-de-chinelo e metidos a play-boys, que ainda por cima tiram onda sobre os oriundos das demais Assaltélites, achando que por estarem na divisa de Goiás com Brasília, são melhores que os outros.
 

Águas Claras – O mais importante agrupamento de ex-ricos, decadentes, ex-plano-pilotistas, ex-lago-sulistas, desistentes (sem grana) de viver no Sudoeste, sub-emergentes sociais, remediados e similares. Tem a maior taxa de endividados e inadimplentes por metro quadrado do DF, afinal todos ali estão devendo até a quinta geração seus carnezinhos de financiamento de apês. E ainda são esnobes e fazem nariz torcido pro Metrô que atravessa o bairro, porque leva e traz ‘gentalha’ da Samamabaia, Ceilândia e Taguatinga, onde aliás quase todos moram em barracos próprios (cortiços, mas já estão pagos). Seus moradores tentam se disfarçar frequentando o Park Shopping, que está depois do Guará e perto de Brasília, em vez do Taguatinga Shopping que está bem pertinho, fingindo que o bairro não é simples expansão – e extensão – de Taguatinga. Além do mais, já contam com seu próprio ‘chopingue’, um caixotão com nome daquele canteiro de ‘orelhas-sêcas’.
Nome provavelmente oriundo do que era um brejo lamacento que virou a extinta lagoa que tem num matagal por ali, lugar que as empregadas usam para lavar roupa, passear e banhar os filhos das outras empregadas, moradoras.
 

 Phill Castelly… Isso n e gozaçao da cidades.

André Phergon, Casa dos Criadores São Paulo by Phill Castelly

Você já deve ter ouvido fala que os meios justificam os fins não e mesmo???

Pois bem aki no meu blog, os fins justificam os inicios.

André Phergon mostra Meninos Fashionistas.

O estilista, faz sua segunda apresentação na Casa de Criadores. A primeira foi no Projeto Lab.

No inverno passado, ele apresentou um inverno sombrio, com peças mais básicas. Dessa vez, ele apresentou um mix de estampas(não foram muitas epoderia trabalhar mais com isso), shorts curtos com cintura baixa. Ele apresentou T-Shirts com aplicações de pedrarias, calças curtas, com um styling muito

Ele é ainda um estilista discreto. Ele deve se soltar mais, arriscar mais.

O melhor da Casa dos Criadores. by Phill Castelly


Os estilistas da Ash Gui Macedo e Rodrigo Leme, que encerrou o evento, fez um desfile protesto contra a matança indiscriminada e da poluição das águas.

Eles mostraram meninos com menos roupas. A maioria estavam de sungas, tendo muito a ver com o tema. Mas não chegou a ficar sensual por causa das suas boas estampas irreverentes, que tem chamado muito a atenção de críticos e do público.

As peças além de sungas(que estava forte), tiveram regatas decotadas, blusas, short curtos, bermudas, algumas calças; junto com estampas que lembram o fundo dos mares, como estampas de água – viva.

Eles apostam em acessórios, que chegam a lembra um pouco do tema, como o porta guarda chuva, a mochila e entre outros. Até achei legal.

O styling também estava muito bom. As máscaras de gás chegou até me lembrar John Galliano.



Ainda em Brasilia não temos a CASA DOS CRIADORES, mais temos outroa eventos de moda muito interessantes… vale a pena conferir.

Meu salto é alto, e o seu?

Querido salto alto!!!!
Todas as mulheres mais bem conceituada é mais bem vestidas do nosso pais é mundo adoram seu objeto de desejo e seu icone que mais lhe ajudam a ser glamurosas, é lindas.
Já pensou pra pensar oque seria de você sem seu salto alto???

Sapatos, há meu lindo sapato alto… ” Dizia minha amiga Simone.
Posso ficar nua e mal vestida mas coloco meu salto… sou a mulher mais linda do mundo!De salto alto

A paixão feminina pelo salto alto é antiga, com muitos contras e poucos prós. Abaixo, um raio X completo dos malefícios e benefícios dos saltões.

Imagine a estrutura corporal da boneca Barbie. Bumbum empinado, peito para frente, símbolos de uma postura imponente, elegante. Tudo porque a Barbie “nasceu” de salto alto. Já você, descendente direta do homem de Neanderthal – que dispensava o uso de calçados – sofre para ficar com uma postura de boneca sobre saltos que muitas vezes ultrapassam o limite do bom-senso.

São dores da beleza, justificam as mais vaidosas. E comparadas ao ato de se depilar, sempre doloroso, usar salto alto tem uma grande vantagem: a gente se acostuma. Mas é do costume que vem o problema: se usado demasiadamente, o salto alto provoca uma mudança na musculatura, os músculos da parte de trás da perna ficam mais curtos e os da frente, mais longos.

E não é só isso: ele pode provocar danos à coluna (aumenta a lordose), dores no joelho, joanetes (mas a hereditariedade também ajuda), calosidades, tendinite, unhas encravadas (quando o modelo é de bico fino). Para quem já se acostumou com o salto alto, o desconforto vem na hora de calçar um sapato baixo. Irônico, não?
Bem que ele podia ta usando um salto alto… com um pé lindo desses. (ZOAAA)

Então, devemos fazer um motim em prol da saúde e jogar todas as nossas sandálias, escarpin e botas no lixo? Não, o segredo é variar na altura. “Intercalar o uso de sapatos com saltos mais altos e mais baixos não acostuma a musculatura. O proibido nessa história é deixar que seus pés se acostumem a um tipo específico de salto”, diz a ortopedista Vera Lúcia Maia. “Se isso acontecer, cada vez que mudar a altura, a pessoa sentirá dor”, explica a médica.

Um modelo de calçado
“Segundo um estudo realizado pela Unifesp, o salto mais recomendado para uso diário tem até 4 cm”, conta a reumatologista Evelin Goldenberg. A altura pode até ser boa, mas o formato ideal dos calçados nada tem de fashion: o sapato perfeito deve ser largo nos dedos e de preferência com bico quadrado. Quadrado também pode ser o salto, pois esse formato garante mais estabilidade.

Mas como não é tarefa fácil achar o modelo descrito acima, é sempre bom saber que o salto plataforma tem moral com os especialistas. “As plataformas, por terem o salto alto por toda a extensão da sola, conseguem fazer uma melhor distribuição do peso do corpo”, conta Evelin.

Boa notícia
Cientistas da Unicamp descobriram a exceção da regra usar-salto-alto-faz-mal-à-saúde. Segundo pesquisa desenvolvida pelo cirurgião vascular João Potério Filho, o salto alto beneficia a circulação. A tese foi comprovada graças a um novo exame para medir pressão das veias das pernas.

Através do exame – feito com mulheres usando saltos de 7 cm e 10 cm -, foi constatado que o uso de salto alto diminui a pressão nas veias, o que provoca uma melhor circulação do sangue. Resultado: além de deixar suas pernas mais poderosas, o salto alto impede que elas fiquem inchadas.

Tendências, anatomia e uma observação
Já que a ordem é variar o salto alto – o que a gente adora, já que nada mais legal do que ter um bom motivo para usar um sapato diferente a cada dia – fizemos uma galeria com os sapatos mais lindos que apareceram nos desfiles de verão 2005 da São Paulo Fashion Week e do Fashion Rio.

Na galeria, você encontra tendências e comentários sobre a anatomia dos sapatos. Mas antes que você se sinta “liberada” para subir de vez no salto alto, um recado de Evelin: “A elegância de uma mulher não está apenas no salto do sapato, mas sim no vestuário, na educação”.

O que levar em conta na hora de comprar um sapato novo

Não escolha o sapato pelo tamanho informado na sola. Priorize o conforto e o equilíbrio que o salto proporciona;
Faça a compra no fim da tarde e à noite, quando seus pés estão mais largos;
Uma boa forma de avaliar se um calçado vai ficar confortável é, ao calçá-lo, verificar se sobram de 0,5 a 1,3 cm entre o dedo maior e o final do sapato;
O calçado não deve ser de material duro;
Se o sapato não é confortável, então não compre seduzida pela beleza, esperando que ele laceie;
Nem um pouco largo, nem um pouco apertado: é preciso que o sapato esteja confortável na loja.